Copos cheios inundam almas vazias




Esta tarde era aquelas tardes chuvosas daquelas de parar pra pensar... A alguns meses atrás não me imaginaria aqui, no mesmo cenário, eu de novo, só trocaram-se as peças. Eu sou a mesma que se encantou por aquele menino na terceira série, parece tolo da minha parte, mas enxergo muito daquela menina ainda em mim. O sorriso tímido, os sorrisos bobos que me entregam ao lembrar o quão idiota fui ao agir em algumas situações por impulso, ou os tropeços envergonhados que, sem querer, me entregam enquanto eu tento fugir. Sou aquela menina que não sabia e muito menos entendia o que sentia, só sabia que era bom, mas que também machucava. 

Eu cresci e como aquele menino, veio outros, outros idiotas, inteligentes, interessantes que encantavam e sumiam, mas que deixavam a marca, muitas vezes ou todas às vezes nada sutil em minha vida. Todas as vezes eu levantava e jurava pra mim mesma: eu mudei, sou outra, aprendi! E repetia pra que eu mesma acreditasse o que eu mesma sabia ser pura mentira. 

Era eu, mais uma vez no momento errado, na hora errada, me entregando pro cara errado. Se alguns dias antes alguém me perguntasse se eu tinha pretensão alguma de me apaixonar, a resposta seria: claro que não, já estou curada desse "mal"! Mal eu sabia que aquele dia eu iria encontrar, encontrar alguém fora dos meus quesitos, alguém errado de mais, sabe? Não foi perfeito, não era pra ser, não devia ter me encantado, não tinha motivo pra isso. Mas alguém vai entender o que se passa no coração? Não era pra acontecer, mas aconteceu, e foi se arrependendo que eu me arrependi. 

Meu coração está tão cheio de histórias assim, se quer que isso seja uma história, eu tento fugir, correr, mas eu acabo sempre no mesmo lugar. Eu tento negar pra mim, eu nego pra todos. O quanto tudo isso mexeu comigo e ainda mexe, todos os dias eu tento acreditar que vai ser o dia que eu vou esquecer tudo o que passou, que a sua marca em mim vai se apagar e que aquilo foi só uma lição, mas não adianta, é como se por algum motivo fosse destino, e ele tivesse conspirando a nosso favor, mesmo que as nossas vontades contra. Eu nego pra mim, sou orgulhosa pra admitir que mais uma vez eu fiz tudo errado, talvez eu seja a culpada, pois foi errando de verdade, que talvez eu tenha posto tudo a perder, ou talvez apenas não era pra ser, mas eu preciso aprender a amar, o amor não deveria trazer dor, eu preciso aprender. 

Eu sempre sonhei em encontrar o príncipe encantado, hoje eu rezo pra que apenas apareça o cara certo, aquele que vai enxergar em mim aquilo que eu sou, que não vai acreditar em histórias ditas em um bar, onde os copos são cheios de mais e os corações vazios de mais, que não vai se importar com meu jeito, ou meus defeitos ou com meus erros, pois quem não errou? Os erros são necessários porque crescer com eles também é! Por mais que o que eu sinta seja forte e arrebatador, ao ponto de me fazer chorar, ao ponto de me entregar, me derreter com apenas um sorriso, de aceitar seus erros e suas mancadas, não vai ser maior do que aquilo que eu tenho no coração e na mente guardado, aquilo que meu pai me disse uma vez: "amor próprio filha, se ama em primeiro lugar, se ama menina, se ama porque só assim tu vai aprender a amar." 



Você pode gostar também

8 comentários

  1. sim esperar é melhor a fazer
    e com certeza irá encontrar o certo
    erramos pra aprender

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Normalmente procuramos o que e certo em lugares errados onde realmente os copos estao cheios e coracao vazio... o seu pai esta certo... o melhor amor e o propio e o Deus pois nunca nos decepciona... um dia chegara sua vez ... desejo muita felicidade vai dar certo !!1
    Bjos

    Www.divaemaquiada.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Anhw Ivaaaaaana envia esse seus textos para alguma editora, sério! Você arrasa e samba <3
    Como sempre AMEI. E já me endentifiquei logo no primeiro parágrafo, e essa frase é tãaaaaao linda *o* "Sou aquela menina que não sabia e muito menos entendia o que sentia, só sabia que era bom, mas que também machucava." Acho que o amor é assim né? Ao mesmo tempo que é bom, é ruim. É bom porque te faz feliz, te faz sonhar e dar risadas de coisas t ão bobas. Ruim porque tudo de uma hora para outra pode acabar, porque provavelmente pessoas ruins vão interferir. Também não procuro mais nenhum príncipe encantado, porque quem faz as pessoas encantadas somos nós mesmas. Procuro igual você, alguém que me aceite pelos meus erros e acertos, alguém que possa ser o MEU príncipe. Se isso vai demorar? Não sei, talvez. Mas eu espero, porque eu sei que vai valer a pena.

    Beijos amor ♥
    http://garota-interior.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Concordo com vc,apenas esperar o cara certo,nao esperar principe encantado..adorei o texto inspirador..arrasouuu
    bjs linda
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  7. Essa do final lembrei de mim rss
    AInda bem que encontrei
    Lindo texto
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Pra começar... amei o título.. perfeito e realidade pura.
    Tu tem que escrever um livro, acho que já te falei isso... mas reafirmo, tu tem o dom da escrita.
    No mundo de hoje, temos que valorizar nossos dons... <3
    Amei o texto, super real... tipo, eu sou bem romantiquinha, acredito em príncipes e princesas, gnomos e fadas... rs mas realmente, não dá para almejar a "pessoa certa", fantasiando tudo.
    Quando deixamos de buscar, uma hora... aparece. =)
    Arrasou, lindona... e por ser tão novinha, (ahhh, meus 18 aninhos), tu tem uma cabeça muito boa.

    Beijinhos
    http://www.julianefreire.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.