Romance da semana: Unidos por um mergulho






Durante os 4 anos da minha faculdade, (oceanografia também, haha) eu sempre quis fazer um curso de mergulho, mas como nem tudo é só alegria, uma hora era a falta de grana, outra hora por falta de tempo, esse desejo sempre foi sendo empurrado para depois. 
Foi quando depois de formada, já trabalhando e conversando com as meninas do trabalho, resolvemos ir ver mais detalhes sobre um tão esperado curso. Não me lembro ao certo, mas alguns meses antes nós já estávamos pagando as parcelas e aguardando ansiosamente, pelo dia 24/11/2012. Nessa época eu morava em uma outra cidade e iria fazer o curso na cidade em que nasci. Chegamos lá na escola de mergulho, todas super empolgadas ficamos esperando o horário. 


Nesse momento a gente se conheceu, nos cumprimentamos e ficamos ali conversando. Pois bem, estávamos no meio da aula e o professor interrompeu dizendo para irmos ajudar uma outra turma que estava fazendo um curso mais avançado. Alguns outros instantes juntos e depois no coffee break também. Finalizamos a aula naquele dia. 


No dia seguinte, além da aula teórica, tivemos uma aula prática na piscina e para minha surpresa, ele trabalhava na escola de mergulho! Tinha acabado mais um dia de aula e na espera para irmos embora, ficamos conversando. Mas não foi uma conversa, digamos que normal, foi pontual e direta. 


Passado uma semana, seria o final de semana do nosso batismo em Angra dos Reis-RJ. Chegamos até a escola para pegar o ônibus e nisso quando eu já estava praticamente entrando no ônibus, ele me parou na porta e pediu meu telefone (para o mundo que quero descer hahaha). Durante mesmo a viagem, ele me ligou, já tinha comentado em uma foto que tinha acabado de postar. Enfim, no final do dia seguinte, depois do batismo/mergulho, mais a noitinha ele me ligou perguntando como tinha sido o mergulho, o que eu tinha achado...


Depois desse dia, voltamos para a vida normal. Mas digamos que não tão normal assim. A gente se falava TODA noite, até altas horas da madrugada. Isso durou algumas semanas. Foi quando ele foi mergulhar na cidade em que eu morava e a gente acabou ficando pela primeira vez. A partir daí, foi só felicidade :) 


Alguns dias depois ele me pediu em namoro, e agora em janeiro de 2015 fizemos 2 anos juntos. Durante esses dois anos, eu me mudei novamente, só que dessa vez para outro estado. Mas para minha eterna alegria e surpresa, ele que nunca tinha andado de avião e nunca tinha vindo me visitar, apareceu na porta da minha casa, no dia do meu aniversário; Foi indescritível!


Hoje, ele é meu amigo, meu companheiro, aquele que me joga para cima, meu dupla eterno no mergulho (hahaha), aquela que me dá bronca quando preciso. Eu o amo muito.

Para o futuro, temos alguns planos sim, mas vivemos o hoje e com o pé no chão. E claro que torcendo para que tudo dê super certo para nós."

 Iara Scricco
A história de hoje foi da Iara. Oceanografia também une pessoas, viram? Também sonho em fazer um curso de mergulho, mas o preço aqui é bem salgado.

História linda que uniu duas pessoas que dividem sonhos e desejos. Desejo um mundo de felicidade à vocês!

Quer enviar também? Mande um email para: 1quartodecafe@gmail.com e em breve ela aparecerá aqui.

Até a próxima quarta!

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.