São Paulo é bamba!

Ah, São Paulo...  terra das pombas namorando sob o telhado das estações do metrô, este que vive cheio de pessoas e infinitas histórias de encontros e desencontros. É feirinha gastronômica e passeios culturais que demandam horas em filas quilométricas. Digo ainda que São Paulo não é bem a terra da garoa, ou se é, a Cantareira se esqueceu de cantar a tal música.

Aqui toca de tudo, é rock, é pop é samba. SP é um misto de amor e ódio, de guerra e paz. É amar o supermercado e a farmácia 24h, mas odiar o trânsito, a insegurança e as pessoas que cismam em parar no lado esquerdo das escadas rolantes.



Engana-se quem pensa que aqui não tem solidão. São milhões de carros com uma só pessoa dentro, batendo a cada dia um novo recorde de transito. Terra da coxinha de 1kg na ZN , do pão com mortadela e pastel de bacalhau lá Mercadão, iguarias que agradam qualquer paladar e magoam qualquer carteira.

Por aqui tem gente econômica, que prefere fazer suas compras na 25 de março, Brás e Bom Retiro, mas também encontramos aquelas que preferem o requinte e os altos preços da Oscar Freire. Não poderia deixar de citar a Rua Augusta, que para os boêmios é o melhor lugar para ficar de bobeira. Lá tudo é permitido! Ah, não se engane pensando que só tem coisa ruim, tem desde um casal de velhinhos passeando com o cachorro , até mulheres que trabalham com o corpo. SP É ISSO! É diversidade , é cinza, é bamba.
Com o pão na chapa e o pingado nosso de cada dia, vamos encarando mais um dia, um de cada vez, com pressa para não perder a hora, torcendo para que chova, mas não alague as nossas casas, rezando para não ser assaltado e claro, vivendo.  

Você pode gostar também

1 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.