Sobre as manias da vida...



Não sei você, mas eu tenho diversas manias das quais eu tenho que me policiar muitas vezes para não me tornar mais doidinha (risos), ou até mesmo desenvolver toc. É incrível como os pensamentos são mais fortes que nossas atitudes, não é mesmo? Desde pequena eu me policiava no shopping para não pisar nos quadradinhos brancos, ou pretos, do piso. Isso poderia me custar uma perna quebrada caso a distância fosse grande, e eu precisasse saltar para chegar ao próximo quadrado da cor que minha mente designou que eu poderia pisar, mas eu não pensava nos perigos, eu não podia perder para a minha própria cabeça.

Depois dessa mania, surgiram outras, claro! Como a que um lado do corpo teria “ciúmes” do outro. Se eu encostei a pontinha do dedo direito no portão, eu pararia tudo para encostar o esquerdo também. Isso é tão doido que eu chegava a dar alguns pulinhos, pois achava que um pé tinha dado mais passos que o outro. Vai entender!

Mais uma vez o tempo passou, as manias antigas sumiram e novas foram se desenvolvendo. Hoje em dia, só gosto de usar um banheiro do trabalho, a última cabine. Não sei como foi que isso aconteceu, mas quer me deixar triste é precisar fazer xixi e a minha portinha estar ocupada. Sem contar que confiro 3 vezes se tranquei o portão quando chego em casa, mesmo sabendo que acabei de passar o trinco. 

Será que só eu tenho essas besteiras ou você também tem? Fico tranquila ou me preocupo e procuro tratamento? Nada disso me abala ao ponto de me frustrar, mas fica sempre aquela pulguinha atrás da orelha. Você também é assim ou eu sou um ET disfarçado de humano? É incrível como a nossa mente consegue dominar nossas atitudes.

Enquanto não soluciono minhas próprias loucuras, fico aqui, intercalando um café e outro até que o tempo passe.

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Caraca e sou desse jeito hahaha. Principalmente o ciúmes de um lado do corpo. Se faço algo com um lado, tenho que fazer a mesma com o outro hehe ^^
    Belo post :-*

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.