Coisas que poderiam ter acontecido



Teríamos três filhos, duas meninas e um menino. Trabalharíamos juntos, salvando vidas, dividindo o sono diário e eterno. Você construiria uma casa, como nos desenhos que me mostrou. Enfrentaríamos o estresse do dia a dia, os cafés ruins do hospital e aqueles pacientes chatos. 

Eu acordaria todos os dias antes, só pra te ver dormindo. Você implicaria com meu ronco. Seríamos a família que sempre sonhamos, não perfeita. Nenhuma é. Mas seria a nossa. 

Se você não tivesse partido. Do nada, de uma hora para outra. Deixando pensamentos soltos, sonhos irrealizados e textos tristes, como esse.

Nesse vai e vem do dia a dia, na monotonia da vida a gente se esquece cada vez mais. Me pergunto se em sua realidade algum dia eu existi ou se tudo não passou de um oásis num lugar frio. Até agora não obtive respostas, mas tudo bem. Minhas pretensões já foram embora junto com todos os outros casos descartados no meio de uma página da minha história. As vezes até mesmo no meio de uma frase. O que para mim era um começo, para você já era o clímax muito perto do fim.

Mas vamos deixar para lá. Aprendi, depois de muito tempo, a deixar para lá. Algumas pessoas simplesmente não se envolvem. Tudo bem, mas para mim essa regra era apenas para os outros. Não se aplicava a você.

Beijos. Risadas. Momentos. Mentiras? É engraçado como tudo pode parecer perfeito na hora. Por um momento pensei ter encontrado o amor que sempre esperei. Na hora foi tudo tão perfeito. É difícil entender, é difícil aceitar a forma como as coisas mudam de uma hora pra outra. E não foi preciso nem ao menos um gesto, um erro. Ou será que houve? O que eu fiz de errado? Foi algo que eu disse? Rebobino tudo na minha mente e não consigo achar a resposta. 

Era como se já nos conhecêssemos há anos. Ou séculos. Ou vidas. Mas nem tudo é o que aparenta ser e com você não poderia ser diferente. Apenas mais uma ilusão. Só peço, por favor, me ensina e agir indiferentemente e a esquecer de tudo, do mesmo modo que você fez? Me ajuda a passar por você sem ao menos olhar. Seja apenas mais um estranho pra mim. Um estranho. É o que você sempre foi.
                                                                                                  
                                                                                      Mais sobre mim: Amor e outros clichês

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.