Cobrança sentimental


Cobrar um dinheiro que a vizinha me deve é difícil, tenho medo que ela me ignore, ou que finja que nem me conhece, ou que talvez ela diga que não tenha nada pra me dar. E olha que o valor é alto. Imagina só ter que cobrar um sentimento ou uns sentimentos de alguém? É terrível!

Você sabe que você sente, mas e a outra pessoa? Será que ela sente o mesmo? Será que ela se importa de verdade com o que você sente? Essas são algumas perguntas que eu me faço antes de bater à porta da vizinha e dizer: você tem o que eu preciso?. 

A reciprocidade é quase uma utopia, as pessoas não se amam na mesma intensidade, as pessoas não se gostam ou se odeiam da mesma maneira, no mesmo nível, elas só sentem o mesmo sentimento, ou não, as vezes uma gosta e a outra ama, aí a cobrança sentimental não faz sentido, como você vai cobrar algo que sente se a outra pessoa não está sentindo o mesmo?

A cobrança de sentimento na verdade é a cobrança de demonstração do sentir, e isso é assunto pra outro texto... E sobre o que eu estou falando? Sobre pessoas sedentas de sentimentos.


       O que achou do texto? Deixe seu comentário e leia mais textos do Matheus aqui.

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.