Sobre você, estrelas e outras grandes explosões

Talvez a música "All of the stars - Ed Sheeran" te faça viajar comigo nesse texto.

Vem cá, deita aqui do meu lado. A noite está meio fria, mas nada que o seu casaco meio velho não resolva.

Quero que você confie em mim. Hoje, agora, iremos fazer juntos uma viagem. Sim, deitados aqui nesse chão, no deck de alguma praia ou na grama de algum quintal, te convido a deitar e viajar comigo. Prometo que vai gostar.

A primeira coisa que preciso para te levar junto a mim é que você esteja aqui, presente. Não só você, mas a sua mente e o seu coração. Eles são as engrenagens básicas da máquina que irá nos conduzir por essa estrada. Qual estrada? Você vai ver.

Mas, para ver, preciso que agora você feche os olhos. Sim, os olhos, para ver. Pode não fazer nenhum sentido, mas você por acaso tem feito algum sentido, nesses últimos dias, também? Então feche os olhos e me siga.

Estamos indo para um lugar muito distante e escuro. Mas não totalmente escuro. Existem uns pontos de luz interessantes por lá. E é sobre eles que vou falar com você. Mas, por hora, apenas continue com os olhos fechados, confiando em mim. Respira fundo.

Chegamos. Está se sentindo bem? O ar aqui é meio escasso, mas essa sensação de que não conseguimos respirar, que nossos pulmões vão parar, ela vai passar. Só abra os olhos e tente perceber ao seu redor a imensidão. Não há paredes, nem teto. Não há muros, grades de proteção. Apenas você e todos os seus pensamentos, todos os seus sonhos. E alguns corpos celestes.

Estamos no meio do Universo. Bem longe, não? Mas é aqui onde moram as estrelas e é sobre elas que eu quero falar com você. Sabe do que elas são feitas? De gás, que geram luz e calor. E o destino final delas é explodir e, com isso, gerar novos corpos celestes. Eles podem ser novas estrelas ou buracos negros. Isso não te lembra algo?

Quantas vezes você se sentiu sozinho? Quantas vezes tudo que se passava dentro de ti parecia ser pesado demais para ser carregado? Quantas vezes achou que fosse explodir e essa explosão, ferir as pessoas ao redor? Talvez você tenha mais a ver com as estrelas do que possa perceber.

O que talvez não consiga notar é a grandeza disso tudo. Ninguém no mundo está isento de sentimentos complicados, de situações difíceis na vida. Mas, poucos conseguem entender que há beleza no caos. E que do caos sempre – digo sempre mesmo – surgem coisas boas a serem realizadas, construídas, melhoradas. Se em uma explosão de dimensões aterrorizantes surgem novas estrelas, porque da sua dor não pode surgir a força para seguir em frente?

E tudo bem se, de vez em quando, sua explosão causar danos. Causar pequenos ou grandes buracos negros e vazios por aí. Você não é perfeito, as estrelas não são perfeitas. O Universo é um conjunto de coisas imperfeitas que, no final, na sua visão maior, são belas e equilibradas. Você é belo e equilibrado também.

Além de forte, você tem luz. Por onde anda, mesmo que não perceba, você é luz para o seu e para o caminho de outras pessoas. Você sai por aí levando luz nesse pequeno infinito que rodeia todos nós. Apenas pare para pensar a respeito.

Bem, não somos astronautas, certo? Então, por mais alguns instantes, sugiro que aprecie essa vasta falta de horizonte e respire bem fundo, sentindo que, de alguma forma, você também faz parte dela. Sentiu? Segure então a minha mão. Estamos voltando para aquele deck, aquela grama. Está tudo bem com você? Que ótimo! Espero que tenha apreciado a viagem.

Espero, de verdade que durante todas as noites da sua vida – antes de dormir - você olhe para o céu e ache ali, dentre bilhões de pontos de luz, a sua força, o gás que te faz ser grande e ser iluminado, apesar de tudo.  Que você descubra, a cada nova explosão, ser possível reinventar-se. E que – acima de tudo – lembre-se sempre que somos partículas de algo grandioso e muito forte. E, claro, precisando viajar novamente, venha, deite do meu lado, feche os olhos, e voe!

Conheça meu blog

O que achou do texto? Deixe seu comentário e leia mais textos da Raquel aqui.

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.