Você me amou e me deixou no inverno


Você me amou e me deixou no inverno. Literalmente.

Eu nunca gostei do frio, principalmente por conta do rastro gelado nas minhas bochechas que geralmente vem com ele. Você deixou pegadas quentes no chão molhado. Eu fui feliz no frio, você aqueceu meu inverno interior, mas não ficou para esperar o verão exterior chegar.

Eu fiz tantos planos. Eu quis tanto que você visse como posso ser melhor no calor. Você era sol. Mesmo no inverno, você já me achava tão brilhante por trás do céu nublado. Acho que você não precisaria de mais uma fonte de luz e calor quando as nuvens fossem embora.
Você me deixou no inverno assegurando que eu não era o problema. 
Eu já sabia. 
Eu sabia que você seria um problema.
Você me deixou no inverno. Por dentro e por fora.

Hoje meus planos são as realizações do amor de verão dela.

Foi ela que teve o final de semana na praia. Ela que você pegou no colo e correu para o mar, com ela você brincou na areia, foi nas costas dela que suas mãos passaram filtro solar. Foi com ela que você caminhou até a praia no final da tarde para ver o pôr-do-sol. É dela a marca mais clara que a pele envolta do dedo anelar direito. 
É dela a marca de aliança.

Eu nunca quis uma aliança no meu dedo, mas quis tanto ser sua aliada nas aventuras quentes de verão. Eu queria fugir com você de madrugada pra tomar sorvete. Eu queria ficar até tarde no bar da rua de baixo tomando uma (ou várias) cerveja gelada. Eu queria te levar no telhado do meu prédio e ficar olhando as estrelas se misturarem com as luzes da cidade a noite toda. Eu queria os banhos de piscina, as caras lambuzadas de picolé, as caminhadas na beira do mar, o nosso suor misturado.
Eu queria o amor difícil. 

Porque amar no inverno é fácil demais.
Amar o calor de alguém quando está cercado de frio qualquer um ama. Amar com cobertores, chocolates quentes e abraços demorados é fácil até mesmo para quem só pensa nos narizes vermelhos, pés e mãos gelados e muitos antigripais como eu.

Continuar de mãos dadas mesmo que suadas é que é difícil.
E eu queria o amor difícil para te mostrar que era mesmo amor.
Você me achava tão boa no inverno. E eu sou mesmo boa de amar. 
Talvez seja esse o problema. 
Somos os dois bons demais. 
Bons demais para passar por quatro estações.

Você me amou e me deixou no inverno. 
Literalmente. Figurativamente.

_
Essa foto aí é do novo Instagram da Gabi, o @daquidecima_ . Só tem textão maravilhoso lá e eu tenho certeza que você vai amar. Corre! 


Você pode gostar também

1 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.