A força que você me ensinou


Não queremos acreditar que as pessoas que amamos partem dessa vida. Somos egoístas ao ponto de desejar que a pessoa seja imortal, por mais que a ampulheta da vida esteja chegando nos últimos grãos de areia. E é claro, eu não sou diferente disso. 

Imaginei que você seria imortal e que para sempre estaria ao nosso lado, porém a vida tem ciclos e precisamos aprender a superar e a viver sem algumas pessoas. Infelizmente!

Nunca encarei a morte como algo natural da vida, porém a sua partida me mostrou que a morte chega e a vida precisa continuar, com ou sem dor. Muitos dizem que devemos seguir o caminho da luz e esse caminho combina muito com você, afinal você sempre foi luz, vida e inspiração.

Pensei que a sua partida me causaria dores físicas, como as que senti quando imaginei que esse momento chegaria. Porém, não está sendo assim! Eu estou em paz. Penso em você todos os dias, as vezes relembro momentos felizes e as vezes me lembro da nossa despedida, que infelizmente foi em seu velório. 

Deus não comete injustiças, por isso não vou me lastimar e nem culpá-lo por ter te levado de nós. Eu só tenho a agradecer. Agradecer a Deus por ter te colocado em minha vida, agradecer pelos ensinamentos, pelos valores e por tudo que fez por nós. Não irei me vitimizar e nem deixar de seguir em frente. Esse foi um dos maiores ensinamentos que você nos deixou: ser forte! 

Você me ajudou todos os dias e até a sua morte me fez refletir e encarar a vida como um ciclo, com começo, meio e fim. O medo que eu tinha de morrer foi embora, pois partir não é dor, é luz! As pessoas só morrem se permitirmos que isso aconteça. E você não morreu para mim. Sua memória está aqui, assim como seus ensinamentos.

Percebi com a sua ida aos céus que existem pessoas vivas que matamos dentro de nós, porém existem pessoas que morrem e continuam eternizadas. Assim é você em mim. 

Obrigada por ter me dado a honra de dividir momentos ao seu lado. 


Um dia nos encontramos!


O que achou do texto? Deixe seu comentário e leia mais textos da Nahuara aqui.

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.