Eu não preciso de você, amiga


Leia ouvindo “Put Your Records On“, da fofa Corinne Bailey Rae

Queria te dizer que eu não preciso de você, amiga. Porque precisar é algo que a gente só lembra na necessidade. E você não é um número de SOS qualquer que eu ligo para desabafar minhas frustrações. Você é um canal totalmente aberto de coisas boas. 

Não quero apenas te ligar para dizer que o tempo não anda ensolarado dentro de mim, mas para dizer também que tem arco íris colorindo minha alma. Você merece amiga, estar comigo em todos os momentos. Eu não preciso de você em todas as minhas datas comemorativas, ou que você sempre vá comigo ao shopping comprar algumas blusas e papear sobre a vida. Isso eu posso ter com qualquer pessoa. Colegas – que também são especiais, claro – podem fazem isso. Eu preciso de você a enxergar as minhas belezas e tempestades, mesmo de longe.

Que você deixe um pouco de lado até mesmo suas mais profundas convicções apenas para entender melhor as minhas, que são diferentes. Nós somos muito diferentes. E isso nos completa ainda mais. 

Eu não preciso que você leia todos os meus textos, nem que você me elogie sempre. Porque eu sei que você sabe muito bem quem eu sou. Que você se orgulha de me ter por perto. E é recíproco. 

Não quero que você namore quem eu ache certo, ou que trabalhe no que eu almejo para você. Talvez algumas vezes tenha vontade de te guardar num potinho, para o mundo não destruir esse seu coração tão bonito. Como um coração que cabe meu mundo todo dentro dele não seria lindo? Eu te admiro pela forma incrível de você só fazer o que pensa. Seja sempre assim. 

Eu não preciso de você, amiga. Eu não preciso, não quero, não desejo. Simplesmente você já é, já está. E de alguma forma sei que será para sempre. Dizem que amizade é um amor que nunca morre. Que o nosso possa sempre ser renovado. Refeito. Ajustado. Porque a gente muda, mas a essência não. Eu não preciso de você. 

Você é minha amiga.  

Você pode gostar também

0 comentários

Deixe sua opinião! Amamos entrar em contato com vocês.